sexta-feira, 9 de abril de 2010

Gabrielly Close (11) 6449-3026


==================
GABRIELLY CLOSE
==================



- wau, que tontura!

Eu não conseguia fixar os olhos no ventilador de teto do quarto 306 do Hotel Grand’s, na Rua Major Sertório. Sentia minha vista arder forte e lacrimejar, queria dormir uns minutos ali, no meu paraíso. Às vezes um quarto de R$ 30,00 reais pode ser o melhor lugar do mundo para se estar.

- humm, cafuné gostoso...

Estava deitado de bruços, encolhido, sentindo aquela dor gostosa de quem havia acabado de ser profundamente penetrado por algo grande e rasgado por um cacete grosso. O cafuné que estava recebendo era sinal que eu havia me comportado bem na cama.

- ahha, beijo delicioso...

Minha boca, meu rosto, minha nuca, aliás, meu corpo havia sido mordido, lambido, chupado e beijado por inteiro. Tudo. Nenhum milímetro foi deixado de lado, nada foi esquecido. Mesmo quando estava de quatro na cama, ouvia ao pé do ouvido, o som dos beijos estalando e mordiscadas raspando na nuca. Ela puxava meu caralho para trás, pelo meio das pernas igual ao rabo dum cachorro, o que foi gostoso, muito gostoso.

- ui, meus mamilos estão doloridos...

Ela pegou meu ponto fraco na hora, nem precisou pesquisar muito. De chofre, assim que deu a primeira lambida no bico do meu peito ela sacou que eu sou do tipo que delira com chupadas fortes na auréola do mamilo. Mas, delicioso mesmo foi como ela fez, beijando e enxugando o mamilo com o queixo. Aquilo me deixava de pau duro demais.

- quanta porra!

Sentia minha boca lotada de leite moça. Mas não era só na boca, sentia o leite da t-moça escorrendo na minha garganta. Muito provável que ela tivesse gozado bem no momento que eu tinha engolfado tudo. Igual aos engolidores de espada do cirque du soleil, fui molhando o mastro de 22cm da Gabi com lambidas que desciam até a raiz do pau, lá atrás do saco, depois subiam até a cabeça do nenê. Chupava a cabeça gostoso e abocanhava com o fundo da garganta. Ela socava o pau prá cima e empurrava minha boca prá baixo. Fizemos isso várias vezes até que, de repente, o mastro passou pela minha garganta. A partir de então, minha garganta foi comida, fodida, enterrada, enrabada. O pau dela é mais grosso na raiz, por isso cabe tudo no esôfago.

- aaaaa, delícia de punheta...

Tiramos a roupa na cama, devagarzinho. Nós estávamos explorando nossos corpos, com as mãos e lábios, quando ela encontrou minha ferramenta. Suas mãos são fortes e seus beijos delicados, femininos. Enquanto ganhava beijos molhados ela olhava dentro dos meus olhos e pegando firme no meu pau, batia uma deliciosa punheta, não para eu gozar rápido não, mas para eu enlouquecer de vontade. Deu certo, eu fiquei extremamente excitado. Sua mão guiou a minha mão até o pauzão dela. Uau!.

- você é linda.

A Gabrielli Close é linda. Alta, não menos de 1,85. Magra, tipo, barriguinha bem lisinha. Longilíneas. Pernas compridas, com coxas grossas, lindas. Não tem próteses, o que é uma virtude, pois alguns t-lovers, não poucos, gostam mais assim. Cabelos bem compridos castanho-claro. Olhos magnéticos esverdeados.

- seja bem vinda!

Conheci a Gabrielli Close na Rua General Jardim. Ela estava trajando um biquíni branco minúsculo sobre saltos altos. Na hora em que vi aquele mulherão, pisquei e sorri. Ela retribuiu ambos. Encostei o carro, sobre o pátio do posto de gasolina que reinaugurou naquela rua e passamos a conversar. O que mais me chamou a atenção naquela linda transex foi a educação. Tudo que ela faz demonstra sua educação. Só para exemplificar, ela me pediu licença para entrar no carro.


***

Lista branca. Recomendadíssima. Ativa e safada, muito safada. Claro que é passiva também e imagino que deve ser muito gostosa desempenhando a menina do papito, só não fique de costas, se não você vira menina, ao invés dela. Juntos, conversando, comemos uma caixa de bombons feitos pela Kibon, do sorvete chicabon, que, por acaso, eu tinha no carro.

Aliás, a Gabi foi recomendada pelo Dino-sp, camarada sério, t-lover com olho clínico para transex.

!!! Gabi, feliz natal 2009 !!!

CORAÇÃO-T
==============

Nenhum comentário:

Postar um comentário